terça-feira, 6 de maio de 2008

Como controlar a raiva: 16 dicas simples para lidar com a raiva

“Se você for paciente em um momento de raiva, você escapara de cem dias de arrependimento”

Raiva pode te causar grandes problemas. Um problema que é pequeno em seu começo pode piorar se lidarmos com ele com raiva. Não apenas esta situação ira piorar, mas também nossos relacionamentos com as pessoas irão se deteriorar. Logo, lidar com uma situação com raiva não fará bem algum.

É por isso que é essencial controlar nossa raiva. Controlando a raiva seremos capazes de resolver situações com mais calma. Poderemos então exercitar nossa sabedoria e julgamento no problema em questão para alcançar a melhor solução. Como eu sou uma pessoa que fica com raiva algumas varias vezes (estou tentando trabalhar este lado), tem algumas dicas que eu acho útil quando estamos lidando com a raiva. Aqui estão elas – escolha as que funcionam melhor para você:

1) Respire fundo

Respirar fundo é uma maneira fácil de acalmar os nervos. Será mais fácil seguir as outras dicas com a raiva um pouco mais controlada.

2) Beba um copo d’água

Também é uma maneira fácil de acalmar os nervos.

3) Tome um banho

Eu sei que não é possível em um grande numero de situações, mas se você puder tomar os efeitos são imediatos.

4) Não fale enquanto estiver nervoso

Se você o fizer você será duro com os outros e isto será algo do qual você se arrependera. Existe uma boa frase sobre isso:

“ Quando nervoso, conte até dez antes de falar; se estiver muito nervoso, conte até cem.”

Thomas Jefferson

5) Escute o que as pessoas tem a dizer

Continuando a dica anterior, alem de não falarmos enquanto estamos nervosos, nós devemos também a aprender a escutar. Preste atenção e tente entender o ponto da outra pessoa.

6) Ande

Mudar sua situação é uma boa maneira de superar a raiva. Um jeito de fazer isso é dar uma volta la fora.

7) Medite

Meditar é uma maneira eficiente de acalmar os nervos. Pode te ajudar a reconquistar sua paz interior.

8) Escute musicas calmas

Eu gosto de musicas instrumentais, já que parecem ter um efeito calmante melhor, mas você pode escutar a musica que funcionar para você.

9) Tenha expectativas reais

As vezes ficamos nervosos simplesmente porque temos expectativas irreais sobre as outras pessoas. Esteja certo de ter expectativas mais reais. Você não pode esperar que as outras pessoas sejam como você.

10) Note que ninguém é perfeito

Todo mundo pode errar, incluindo você. Perceber isso será mais fácil para você entender quando alguém errar.

11) Veja pelo ponto de vista da outra pessoa

Um jeito de fazer isso é se perguntando: “Como eu me sentiria se eu estivesse na posição dele (a)?”

12) Fale com um amigo sábio

As vezes você simplesmente tem que conversar sobre o acontecido com um amigo mais sábio. Este amigo pode te ajudar a ver o problema pela perspectiva certa. Apenas cuidado para escolher a pessoa certa.

13) Veja pelo lado positivo

Este é um habito que você deve desenvolver. O habito de ver as coisas pelo lado positivo ira lhe ajudar a ver muitas situações de maneira construtiva.

14) faça exercícios

Você pode controlar a raiva dirigindo sua energia para uma diferente direção que não esta disponível para raiva. Um bom candidato é fazer exercícios. Correr funciona muito bem para mim.

15) Aprenda a perdoar

Se você perdoar você não terá mais motivos para ter raiva para com a pessoa ou situação. Você pode então pensar em maneiras positivas de solucionar o problema.

16) Pense no longo prazo

Normalmente ficamos nervosos porque pensamos muito no curto prazo e ignorarmos suas implicações num futuro mais distante. Vendo mais para frente seremos capazes de enxergar as conseqüências de nossa raiva. Aqui, mais uma frase:

“ Quando a raiva surgir, pense nas conseqüências”

Confúcio

35 comentários:

Cristiano Andrade disse...

Descobri este blog em busca de conselhos para melhorar o meu estado emocional, que esta abalado por causa de variaveis como pessoas pessimistas e ditadoras no ambiente de trabalho cujo o comportamento é agressivo, como diretores, não entendo o motivo da personalidade dessas pessoas são tão arrogantes. Estou procurando equilibrio a cada dia, obsevei que a minha concentração foi afetada pelo excesso de raiva e ansiedade, espero que esses exercicios me tragam uma certa tranquilidade e paz para comigo mesmo.

Fabio Mesquita disse...

Opa Cristiano!
Espero que estas dicas te ajudem mesmo. Todos passamos por algum momento dificil um dia, mas e melhor manter a cabeca no lugar e saber que sempre temos outras opcoes alem de se estressar!

Creio que voce viu que as postagens aqui sao antigas, isto porque mudei meu blog para outro endereco, e agora escrevo sobre minha vida na Africa!

Se tiver algum interesse o endereco e o seguinte: http://fabiompalves.wordpress.com

Abracos!
E Obrigago pelo comentario!

Jana disse...

Meu Deus...
eu sou uma pessoa muito estressada e fico com raiva muito fácil, em algumas situações, em outras talvez não.
Estava procurando um texto para me ajudar.
literalmente você me ajudou muito...
melhorei bastante com as dicas
Estava esperando pra ver se da certo, para comentar e como deu certo e ainda esta dando certo, cada vez mais
aqui está.
Muito obrigada mesmo *---*

ALOK SINGH disse...

a raiva e como um fogo, ela comeca bem devagar voce acredita que pode controlar mas ao fim das contas voce acaba machucando a alguem verbalmente ou fisicamente.Concordo plenamente O QUE O BLOG DIZ mais e importante e reconhecer que voce tem que o controlar e tentar no maximo nao acumular energias se nao chegaras um ponto que nao iras conseguir o conter e acabaras por agredir verbalmente a pessoas que nao tem nada a ver.

726853 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucas disse...

isso não deu certo a minha raiva e de matar um pessoa eu não consigo me controlar eu quase matei uma pessoa nunca consigo me controlar,sinto muitas dores,e eu também não tenho sentimentos sou um pessoa seca arrependimento é um que controlei facilmente mas até hoje não tenho arrependimento depressão consegui controlar sem sufoco,não tenho necessidade de viver procurei vários blogs para controlar a minha raiva mas o que fez me sentir um pouco melhor foi esse Blog muito obrigado por tentar me ajudar...

Anônimo disse...

Aqui eu preciso de ajuda. Se você puder me aconselhar eu agradeceria e muito...
O meu problema é que meu primo mora na minha casa. Isso não é a causa da raiva e, sim, o fato dele ter mentido e continuar mentindo para mim quanto à permanência dele em minha casa.Às vezes eu quero matá-lo. Me ajude, por favor....

natynhacac disse...

Perdi a paciência quando eu estava
duscutindo no celular e minha mãe fez questão de sair da cozinha pra ficar ouvindo minha conversa no cel,
aquilo me deixou mais irritada e acabei descontando nela. Sempre tenho
esses ataques de raiva e falta de paciencia, quando vejo ja fiz ou ja falei.

Juliana Barbosa disse...

Eu sou muito nova e explodo muito fácil,mas chego ao limite de ate quebrar as coisas ou me machucar, dou crises, faço escândalos, e sempre afasto assim todos que lutei tanto para conquistar, e isso é sempre.
Preciso muito de ajuda espero que essas dicas funcionem.. Acabei de tomar o banho melhorou um pouco. Obrigada.

Anônimo disse...

Oi, sempre fui uma pessoa nervosinha, mas nos ultimos meses estou estourando a todo momento.
Estou passando por um momento difícil. Eu me mudei de cidade a 2 anos, e depois dessa mudança minha sogra anda me visitando com muuuita frequencia... normalmente ela fica 20 dias na minha casa e 10 na casa dela ... eu não aguento mais , da ultima vez ela ficou 50 dias na minha casa.E por esse motivo eu ando muito nervosa, mesmo qd ela não esta eu aida fico nervosa pq não tenho tempo pra retomar minha rotina , e ela já esta de volta.
Tento controlar a raiva, mas não funciona mais, eu explodo com quem não tem nada a ver. Socorro!!!

Anônimo disse...

Eu sou uma adolescente e pessoas dizem-me que esta é uma fase dificil da vida. Eu até nao é raiva que sinto, mas as vezes choro se os meus pais ralhao-me. Mas enfim, eu nao sei se isso vai funcionar mas espero que sim.
Obrigada pelo o conselho! :)

Anônimo disse...

aff,eu perco a paciencia facil,toda vez que alguem meche comigo da vontade de partir pra cima do desgraçado e arrebentar a cara dele,mas paro penso e me controlo,mas algumas vezes e muito dicifil,ainda mais quando e uma pessoa que te enche o saco todo dia

Anônimo disse...

hehe! eu tenho raiva apenas de falar, quando as pessoas pedem pra mim repetir o que eu falei eu quase morro de raiva. quando alguém fala comigo é eu estou falando com outra pessoa. quando me chamam varias vezes, e eu to fazendo outra coisa. quando não me escutam. as vezes quando eu vejo alguém que eu não gosto {MINHA IRMÃ} eu fico com uma raiva tremenda. sempre quando eu to com raiva eu entro em um desses chats e conto o que houve, as vezes eu durmo pra esquecer a raiva, e toma agua....

Anônimo disse...

Eu como muitos que aqui estão tenho andando nos últimos 2 anos constantemente a controlar a raiva. À semelhança de um dos comentários tenho raiva ao ponto de matar/torturar/infernizar uma pessoa que me condenou ao ponto que estou agora....

Verdade seja dita dessas 16 razões mencionadas é que infelizmente nem todas funcionam, mas proponho as seguintes alternativas que me têm ajudado:

A 1-2-3-4 são perfeitas.

A 5 tem o problema se a raiva/ira for dirigida a uma pessoa (como o meu caso) torna-se impossível ouvir sem ficarmos cegos de raiva. Neste caso o meu conselho, caso não seja mesmo possível de evitar, andar de um lado para o outro (6) sem dar muito nas vistas (por exemplo passos pequenos num efeito baloiçante, podendo desculpar com mau jeito de tar algum tempo em pé). Se mesmo assim não for possível, meter as mãos atrás das costas (numa posição como militares) e cravar as unhas com noutra palma ou beliscar alguma parte do corpo o que for preciso para a emoção passar no momento.

O 6 nem sempre é possível, mas talvez fazer algo como disse.

O 7 tem um certo perigo nestas situações devido às vezes o mundo estar contra nós mesmos e por mais que façamos parece não ter saída visível, isto meditando logo quando algo de mau nos acontece leva na maioria de casos a tendências depressivas. Neste caso é complicado; aconselho evitar meditar até conseguir-se uma estabilidade emocional de vários dias/semanas/meses seguidos sem depressões ou tristezas relacionadas e depois aí meditar porque até lá poderá ser como de cabeça quente.

O 8 depende de várias pessoas; músicas calmas funcionam também comigo, mas a que resulta melhor sempre foi ouvir as músicas mais pesadas com mais gritos ou mensagens de raiva, porque a melhor solução para sempre foi gritar em plenos pulmões ate ficar sem fôlego, repetindo até não termos mais necessidade de gritar e uma música destas as pessoas julgam que estamos acompanhando a música.

O 9 é algo bom a seguir independentemente de sentimento de raiva/felicidade.

O 10 entra no mesmo esquema do 5. Sim é verdade ninguém é perfeito, mas muitas vezes já se fez o possível e impossível e mesmo assim não é por isso que não nos deixam de infernizar/condenar-nos a um inferno autêntico.

O 11 idem do 10 e 5. Mesmo tendo olhos como pilotos da Força Aérea não é por isso que certas pessoas são cegas e magoam todos os trausentes e causam ondes de raiva.

O 12 é bastante bom, senão tiverem pelo menos tiveram o senso de procurar na Net e ver este blog :).

O 13 é semelhante ao 7 (Meditação) o lado positivo pode não existir logo mas sim depois de algum tempo.

O 14 é verdade e o exercício não necessita obrigatoriamente de ser físico, eu ao dedicar-me completamente ao trabalho ganhei promoções/prémios e não pensei em nenhum destes assuntos até estar pronto para lidar com eles.

O 15 vem muito depois do meditar, é rara a situação que acontece invertida.

O 16 é o primeiro passo da meditação que normalmente uso, mas depende porque nem sempre a longo prazo é vísivel as consequências que poderá ser uma situação à semelhança de um labirinto com várias opções de direcção. Mas uma boa escolha será pensar se imediatamente explodir afectará alguém (incluido uma pessoa que esteja dirigida a raiva), senão afectar então libertar ao máximo possível.

Aproveito em jeito de conclusão variar e repetir os passos até eliminar a raiva.

Marcelo Cabral disse...

O problema não está em nós e sim em uma grande maioria de pessoas.
Se tuido dependesse de nós, as coisas fluiriam, mas quando depende de outros também, e na maioria das vezes as prioridades são muito diferentes, nos vemos sozinhos tentando resolver problemas de outras pessoas, co prazos apertados e quase nunca somos reconhecidos. Acho que temos motivos de sobra para ficarmos com muita raiva. O grande X da questão é como administrar essas situações que se tornam cada vez mais comum em nossas vidas.

Cabral disse...

O problema não está em nós e sim em uma grande maioria de pessoas.
Se tudo dependesse de nós, as coisas fluiriam normalmente, mas quando depende de outros também, e na maioria das vezes as prioridades são muito diferentes, nos vemos sozinhos tentando resolver problemas de outras pessoas, com prazos apertados e quase nunca somos reconhecidos. Acho que temos motivos de sobra para ficarmos com muita raiva. O grande X da questão é como administrar essas situações que se tornam cada vez mais comum em nossas vidas!

Arquiteta Jéssica Marreiros disse...

Procurei um texto sobre esse assunto para que eu pudesse saber lidar melhor com esta minha deficiência. Sempre me irei com muita facilidade. sei que já melhorei, mas ainda há uma longa estrada de aprendizado e auto controle. Este seu texto me ajudou muito. Parabéns!

- disse...

Toda vez que eu tenho raiva da vontade de chorar, gritar e outras coisas , mais eu não gosto de dividir essa coisas com outras pessoas e sempre sempre que eu tenho raiva tem uma pessoa perto de mim , aff , e não consigo controlar .

Professor Aluno disse...

Boas dicas. Sou um raivoso compulsivo, extremamente explosivo, só por ajuda de Deus nunca cometi uma loucura. Todo esta raiva vem de profundas mágoas comigo mesmo e com outras pessoas. Hoje estou por uma crise fortíssima no meu casamento, que está por um fio. Fui abençoado por Deus em minha vida, mas deixei de desenvolver um potencial enorme ou pelo menos atrasá-lo bastante por conta disso. Vejo que preciso consertar algumas coisas em minha vida, mas com certeza minha fúria precisa ser a primeira delas a ser controlada.

Anônimo disse...

E sempre muito complicado, para não dizer dificil num momento de raiva, vcoê perceber e avaliar as consequencias dos seus atos, seja por impulso, ou por já ter uma opinião formada acerca das circunstancias. Contudo, o tempo e a vivência favorece a todo aquele que se permite perceber um pouco mais além daquilo que os olhos e conseguem visulaizar...

Anônimo disse...

Muito obrigado pelas dicas as que mai s funcionaram comigo são as:
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17
kkkkkkkk 17?
é que eu tenho uma dica pra dar rir é o melhor remédio.

Anônimo disse...

GREOBRIGADO VOU TENTAR ,SUAS DICAS SAO BOAS ...

Anônimo disse...

Tenho um problema com uma certa pessoa, a cerca de 5 anos meu marido teve um caso quando eu estava gravida com essa pessoa, nos separamos mas quando a nenem nasceu nos perdoamos. Um ano depois ele levou um tiro, sendo ele policial e quase morreu, isso nos uniu ainda mais, desde entao temos uma vida familiar muito boa, mas a cerca de 2 meses a mesma pessoa tem mandado mensagens e ligado pra ele, parace que toda a raiva, odio e todo sentimento de morte tem me cercado tenho vontade de matá-la, tive depressão por causa da traição e na época eu dei uma surra nela, mas depois de tanto tempo...tive um ataque de fúria e fui até a casa dela tentei conversar, e perguntá-la do porque da perseguição...mas fiquei cega, quando percebi, estava com as mãos no pescoço dela...pois bem os irmãos dela interferirão...e fui agredida por eles, e um mundo de sentimentos tem me rondado...vou responder judicialmente, e não consegui resolver nada. Tentei todas as dicas mas não sei o que funcionara comigo...treino tawkendoo para tirar um pouco da raiva mas eu queria resolver esta situação de uma vez por todas!!!!

Anônimo disse...

POW KRA VC SABE OQ EU FAÇO PRA CONTROLAR A RAIVA?
EU FAÇO SCREAMO(DRIVE)--> SI Ñ SABE OQ É SCREAMO VAI PROCURAR NO GOOGLE.
EU COMEÇO A FAZER ATÉ EU SENTIR MTA FALTA DE AR OU ATÉ MINHA GARGANTA COMEÇAR A SANGRAR.
COMO EU SÓ ANDO COM GENTE DA MINHA LAIA LAH NINQUÉM LIGA, GERAL TAH ACUSTUMADO.
TEM GENTE Q FAZ PIOR.
MAIS TIPO Ñ ACONSELHO NINQUÉM A FAZER SCREAMO SÓ SE VC SOUBER FAZER.
;)

Anônimo disse...

nem consigo -..- a raiva é de mais!! e por cima da dor de cabeça '--'

Anônimo disse...


Um "remedio" que pode atenuar a raiva é simplesmente dormir. Tomar um banho (de preferencia de água fria)antes e depois de dormir também pode ajudar ainda mais. Mas cuidado!! Só tomar banho se não estiver a fazer a digestão.

Anônimo disse...

boom , estou muito jovem pra está cm tanta raiva assim se estou assim cm essa idade , imagina quando crescer ..
principalmente na hora de exercer atividades escolares ou outras , estou ficando ingnorante :(

Jaime Costa disse...

Cara seus conselhos são muito bons, me ajudou bastante. Um grande abraço.

Anônimo disse...

Essa dica eu garanto que vc vai melhorar, pelo menos descarregar um pouco... escreva muito! Tudo que sente, o que tem vontade de fazer ou de dizer a pessoa. Depois que passar a gana toda e a raiva nao estiver mais em seu ápice (e vc já tiver feito outras atividades) releia o que escreveu. Vc percebe como é absurdas algumas das coisas que acabria dizendo ou que quis dizer pra pessoa na hora... agora, NAO ESQUEÇA de colocar fora o que escreveu, ou guardar em local seguro! Se alguem ler isso vai se assustar!! Abraço!

Anônimo disse...

Essa dica eu garanto que vc vai melhorar, pelo menos descarregar um pouco... escreva muito! Tudo que sente, o que tem vontade de fazer ou de dizer a pessoa. Depois que passar a gana toda e a raiva nao estiver mais em seu ápice (e vc já tiver feito outras atividades) releia o que escreveu. Vc percebe como é absurdas algumas das coisas que acabria dizendo ou que quis dizer pra pessoa na hora... agora, NAO ESQUEÇA de colocar fora o que escreveu, ou guardar em local seguro! Se alguem ler isso vai se assustar!! Abraço!

Anônimo disse...

Boas, eu quando bebo geralmente fico agressivo, eu só tenho 21 anos, acho isto preocupante. A última ocasião que bebi foi nos meus anos, estavam lá umas pessoas que simplesmente me estavam a irritar e a chamar nomes, eu não fiz nada de mal para me chamarem nomes... Tentei-me conter... passado 10 minutos não aguentei mais, fui lá e perguntei qual era o problema deles, um deles que era muito maior que eu acabou por me dar um murro, enervei-me asério, bati no rapaz até não poder mais, quase parto o meu punho a bater nele. hoje tenho um olho completamente negro, não pensei nas consequências, estou muitíssimo arrependido, será que preciso de ajuda de um profissional?
A raiva tem aumentado em mim cada vez que penso nisso, tentei procurar dicas na internet, mas não sei se basta... Eu estou a escrever este comentário aqui porque preciso de deitar cá para fora o que sinto não me sinto à vontade de fala com mais ninguém... Obrigado

Anônimo disse...

eu necesito de ajuda, tenho um noivo e ele e muito bom comigo, so que eu tenho umas manias muito estranhas, quero que ele seja como eu, e eu pego no pe dele por tudo, as vezes me imagino se fosse o contrario eu nao aguentaria, e depois de tudo me arrependo , eu sei que e muito chato pegar no pe nas frente das pessoas, mas quando vejo , ja fiz, eu sofro muito com isso, por favor me ajudem.

Natalia disse...

Oi sempre fui uma pessoa nervosa e antipatica mas asveses tambem m estreso mt e me acalmei mt vlw por suas dicas .

Dannycelmo Morgado disse...

Oi bom dia eu nao consigo contralar a raiva eu estou a magoar alguem com este sentimento o meu grande problema e k eu nao penso nas consequências sou depois d fazer e k eu fico mas calmo e falo com esta pessoa pedindo desculpas ela pode dizer tas desculpado mas eu sinto k lhe magoei por favor m ajudem

Anônimo disse...

Olá, bom como todos falam aqui, não consigo controlar minha raiva de jeito nenhum, e é um sentimento muito ruim, chega a doer o coração, a única coisa que me acalma una música que tenha bastantes gritos, e outra é escrevendo, a raiva é tão grande que eu tenho vontade de me matar, ou matar a pessoa ignorante, e as vezes a principal questão que me faz ficar assim é quando discuto com meus pais, falo coisas que magoo, tento controlar mas quando analizo eu ja falei, muito bom esse blog, vou tentar seguir suas dicas.